Lorena reivindica nova passagem de nível no bairro São Roque

Prefeito e vereadores se reúnem com técnicos da MRS; novo ponto sobre a linha férrea beneficiaria alunos de quatro bairros

Reunião realizado no bairro São Roque; moradores reivindicam passagem de nível no bairro (Foto: Divulgação PML)

Representantes da Prefeitura e da Câmara se reuniram na última terça-feira (31) com técnicos da companhia MRS, administradora da malha ferroviária da região, para viabilizar a implantação de mais uma passagem de nível em Lorena. Além de beneficiar as famílias de quatro bairros, o novo ponto de ligação pode trazer mais facilidade e segurança no deslocamento dos alunos de duas unidades escolares.

Realizada em frente à escola municipal Caic (Centro de Atenção Integral à Criança), no bairro São Roque, a reunião contou com as presenças do prefeito Sylvio Ballerini (PSDB), da secretária de Obras, Rosana Reis, do secretário de Trânsito, Lucas Mulinari, do presidente da Câmara, Fábio Longuinho (PSD) e do vereador Anderson Pinto, o Careca da Locadora (PSDB). Já a MRS, foi representada pelo engenheiro, Bruno Valsiani, e pela engenheira e analista de Relações Institucionais, Bruna Munyser.

Na ocasião, os membros do Executivo e Legislativo ressaltaram a necessidade de uma nova passagem de nível ou até mesmo a construção de um viaduto sobre a linha férrea no São Roque. A medida facilitaria a ligação do ponto aos bairros Santo Antônio, Vila Cida e Vila Rica, beneficiando principalmente as crianças e jovens que diariamente se deslocam até o São Roque para estudar no Cmei (Centro Municipal de Educação Infantil) Norma Paes Tavares de Andrade e no Caic, que até o fim deste ano adotará o sistema de ensino Cívico-Militar e ampliará o número de estudantes atendidos.

O presidente da Câmara revelou detalhes da reunião e demonstrou otimismo. “Questionamos os responsáveis pela MRS sobre o fato de que Lorena possui apenas dois viadutos e três passagens de nível, quantidade inferior até mesmo do que a de Canas que é uma cidade bem menor, destacou Longuinho. “Apesar de ser uma reivindicação antiga, acreditamos que desta vez ela será atendida, pois a MRS passa por um processo de renovação da concessão, o que torna necessário melhorias nos municípios cortados pela linha férrea”.

O vereador relatou também que durante o encontro, Ballerini afirmou aos técnicos da companhia que caso fosse necessário a Prefeitura poderia até mesmo arcar com os gastos da obra ou angariar recursos através de emendas parlamentares, já que ela é considerada essencial. Após ouvirem os argumentos das autoridades municipais, os funcionários da concessionária afirmaram que elaborarão um relatório para que em breve seja iniciado um estudo que analisará a viabilidade da implantação de um ponto de travessia no São Roque.

Prefeito e parte dos vereadores estão em contato com deputados federais para que eles possam contribuir para o agendamento de uma reunião sobre o tema entre representantes municipais e do Ministério da Infraestrutura.

A reportagem do Jornal Atos solicitou à secretaria de Comunicação Social de Lorena uma entrevista com algum membro do Executivo sobre a reunião com a MRS, mas o pedido não foi atendido até o fechamento desta edição.

Por Lucas Barbosa | Jornal Atos