Haddad tem 33%; Tarcísio e Garcia estão tecnicamente empatados, com 20% e 19% em SP, diz Real Time

O levantamento ouviu 2.000 eleitores paulistas por telefone entre 1º e 2 de agosto. O índice de confiança da pesquisa, segundo o instituto, é de 95%

Urna eletrônica (Antonio Augusto/Ascom/TSE)

Pesquisa do Instituto Real Time Big Data mostra Fernando Haddad (PT) na liderança para o governo de São Paulo, com 33% das intenções de voto no principal cenário na pesquisa estimulada. Neste caso, os nomes são oferecidos ao eleitor. A pesquisa foi encomendada pela TV Record.

O ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) e o governador Rodrigo Garcia (PSDB) aparecem com 20% e 19%, respectivamente. Como a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão tecnicamente empatados.

O deputado federal Vinicius Poit (Novo) ficou com 2%, enquanto o ex-prefeito de Santana de Parnaíba Elvis Cezar (PDT) registrou 1%. Gabriel Colombo (PCB), Altino Júnior (PSTU) e o ex-ministro Abraham Weintraub (PMB) não pontuaram. Brancos e nulos foram 13%, e os que não sabem ou não responderam, 11%.

O levantamento não pode ser comparado ao anterior, publicado em julho, porque a lista de pré-candidatos mudou, com a saída de Felício Ramuth (PSD). O ex-prefeito de São José dos Campos deixou a corrida ao Palácio dos Bandeirantes para ser o vice na chapa de Tarcísio.

O levantamento ouviu 2.000 eleitores paulistas por telefone entre 1º e 2 de agosto. O índice de confiança da pesquisa, segundo o instituto, é de 95%, e o custo foi de R$ 20.000. O registro junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é SP-06273/2022.

A pesquisa também fez a simulação de três cenários para o segundo turno.

Cenário 1

Fernando Haddad (PT): 39%

Tarcísio de Freitas (Republicanos): 29%

Branco/nulo: 17%

Não sabe/não respondeu: 15%

Cenário 2

Fernando Haddad (PT): 37%

Rodrigo Garcia (PSDB): 29%

Branco/nulo: 18%

Não sabe/não respondeu: 16%

Cenário 3

Rodrigo Garcia (PSDB): 30%

Tarcísio de Freitas (Republicanos): 29%

Branco/nulo: 22%

Não sabe/não respondeu: 19%

Por O Vale